Fale com a nossa equipe! Ligue (21) 2659-2212

Projeto Pedagógico 2015

Reeducação Alimentar.

Partindo do pressuposto de que a escola é um espaço propício para promover a saúde, a formação de valores e hábitos saudáveis (e entre eles o da alimentação), o projeto Reeducação Alimentar sugere como um artifício a contribuir para conscientização de nossos alunos nas escolas que envolvem sua alimentação.


Justificativa

Ao observar a alimentação dos alunos, durante 6 meses, verifiquei o excessivo consumo de comida industrializada, de modo geral (salgadinhos, bolachas recheadas, etc) e a ausência de frutas em suas lancheiras. Além de tal dieta contribuir para uma fonte pouco saudável de nutrientes, acredito que também contribuiu para a criação de uma resistência a frutas oferecidas pela escola. Cabe a escola reverter esse quadro por meio da introdução de novas variedades alimentares na própria alimentação oferecida aos alunos no horário do lanche.


Objetivo Geral

Promover a reeducação alimentar com consumo de alimentos saudáveis, manter hábitos de higiene e a consciência de sua contribuição para a promoção da saúde de uma forma atraente, lúdica, e educativa.


A Avaliação

Será efetuada durante todo o decorrer do projeto por meio de observação e registros feitos pelas professoras, pelas conversas e questionamentos na hora da rodinha de conversa.
Anexos / Dicas de atividades:
Atividades lúdicas relacionadas ao tema, voltadas para matemática, artes, linguagem oral e escrita e natureza e sociedade.


Produto Final

  • Cada criança levará para casa um livro de receitas;
  • Conhecer e identificar os diferentes tipos de alimentos;
  • Entrar em contato com os textos de gêneros distintos (lista de frutas/receitas);
  • Observar as cores e sentir tanto os sabores quanto a textura dos alimentos;
  • Conscientizar os alunos, por meio da informação do cardápio diário, da importância da boa alimentação sem desperdícios.

Público Alvo

Educação infantil: Maternal 1º e 2º período.